Translate

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Servos de Deus; servos na denominação: Uma olhar sobre a 38ª Assembléia da CBPE


Nós os cristão vivemos como cidadãos de dois reinos, que Agostinho, Bispo de Hipona, chamou de cidades: de Deus e dos homens. Prestamos serviço a Deus quando o adoramos, quando servimos ao próximo e quando servimos à sociedade. Além desta condição, estamos inseridos em denominações nas quais ingressamos através de mecanismos como batismo e transferência. A denominação Batista Brasileira tem sua maior expressão no Brasil através da Convenção Batista Brasileira, e suas cooperadoras regionais.

Nos dias 29, 30 de Abril e 01 de Maio de 2011 os Batistas Pernambucanos estiveram reunidos na 38ª Assembléia da Convenção Batista de Pernambuco (CBPE), e que foi marcada por momentos inspirativos, discussão do rumos da denominação, aprovação de relatórios e recomendações, e eleição de uma nova diretoria para o biênio 2011/2012.

A presente eleição foi um divisor de águas na história batista de Pernambuco, por algumas razões, entre ela menciona-se:

Um ciclo que se fecha
Desde o ano de 2000 que a convenção vinha sendo presidida em mandatos alternados pelo Diácono Lyncoln Pereira de Araújo (IEB Casa Amarela), e pelo Pastor Ney Silva Ladeia (IB Capunga). Período marcado entre outras realizações, pelo alcance da meta da presença batista em cada cidade do Estado.

Com a presente eleição um ciclo se fechou. Assumiu a presidência o Pastor Joel Bezerra de Oliveira (PIB Recife), que pela primeira vez ocupa esta função. Os discursos do momento da posse foram emocionantes, e significativos, pelo que destacamos algumas idéias, sem a preocupação de citação literal.

O Presidente que encerrou o mandato, Pastor Ney Ladeia, agradeceu aos pares da diretoria, ao povo batista e se colocou – juntamente com a diretoria que encerrava o mandato – à disposição da nova diretoria para ajudar no que for necessário para que a obra batista prossiga em seu avançar.

A Prof. Dayse Santos Correia de Oliveira (2ª Vice-Presidente que encerrava o mandato), na condição de Primeira Secretária da Convenção Batista Brasileira (CBB), antes de orar empossando a nova diretoria destacou a importância da cooperação entre as duas convenções, das parcerias firmadas nos últimos anos, e reafirmou a disposição da CBB em continuar apoiando a CBPE em seus projetos. Destacou ainda que da CBPE a CBB espera cooperação e lealdade.

O Pr. Joel Bezerra de Oliveira, depois de empossado, afirmou que o mandato não era só dele, mas também dos Pastores Batistas de Pernambuco que através da Ordem demonstraram apoio para que ele aceitasse concorrer ao cargo, e afirmou a intenção de ouvir todos os segmentos da denominação durante o seu mandato, executar o planejamento estratégico aprovado na Assembléia, e fazer os ajustes necessários considerando as sugestões nascidas a partir dos fóruns denominacionais que serão ouvidos. Outro ponto da palavra do Pr. Joel foi a alegria demonstrada, com a palavra do Pr. Fernando Brandão na noite de Missões, com os planos da JMN, em parceria com a CBPE, de abrir uma Cristolândia em Recife. O Pr. Joel tem um histórico envolvimento com a recuperação de drogados através do Desafio Jovem do Recife, organização fundada por ele em 1982[1], e que tem prestado relevantes serviços ao Reino de Deus e à Sociedade Pernambucana.

O retorno da PIBRF à Presidência
Um dado para registro, é que com a eleição do Pastor Joel Bezerra de Oliveira, é a primeira vez desde que a Convenção Batista de Pernambuco foi formada em 1973, com a reunificação do campo através da fusão das Convenções Batista Pernambucana e Evangelizadora de Pernambuco, que um Pastor da Primeira Igreja Batista do Recife assume a presidência[2].

Esse dado se reveste de grande significação, uma vez que em 30 de dezembro, completará 110 anos da fundação da União Batista Leão do Norte, embrião do que hoje é a CBPE, e a primeira convenção estadual organizada pelos Batistas no Brasil, em assembléia ocorrida na Primeira Igreja Batista do Recife, quando foi eleito Presidente o Pastor da Igreja, Salomão Ginsburg[3], que também é considerado o “Pai da CBB”[4].

Expectativas e perspectivas – o que se espera
Para 2011 espera-se que a CBPE continue o seu avanço na evangelização do Estado, fortalecendo e plantando igrejas, ouvindo os vários segmentos denominacionais para ajustar e executar o planejamento estratégico aprovado.

Para 2011 espera-se que a CBPE, com a ajuda dos pastores e igrejas, dê especial atenção aos missionários que nas várias regiões do estado proclamam o Evangelho da Salvação, alguns deles em condições limitadas, até pelo contexto social da região.

Para 2011 espera-se que a CBPE, através de suas Coordenadorias e Conselho, apóie as igrejas e associações cumprindo a sua missão Expandir o Reino de Deus, planejando e viabilizando as ações conjuntas das igrejas batistas em Pernambuco.”[5] E desta forma alcance sua visão Visamos a extensão do Reino de Deus através da cooperação das igrejas, ganhando Pernambuco 100% para Cristo.[6].

Para 2011 espera-se que a CBPE prossiga em sua cooperação denominacional com a CBB, trabalhando para a evangelização de Pernambuco, do Brasil e do mundo.

A diretoria da CBPE para o biênio 2011/2012 ficou assim constituída: Presidente – Pr. Joel Bezerra de Oliveira (PIB Recife); 1º Vice-Presidente – Pr. Israel Dourado Guerra Filho (IB Mangabeira); 2º Vice-Presidente – Pr. Miquéias da Paz Barreto (IB Concórdia); 1ª Secretária – Prof. Iracy de Araújo Leite (IB Capunga); 2ª Secretária – Prof. Ábia Saldanha Figueiredo (IB Concórdia); 3º Secretário – Pr. José Altair da Silva (IB MAssaranduba) ; 4ª Secretária – Rosemária Palmeira (IB Capunga).

Os Batistas Pernambucanos são servos de Deus na denominação Batista. Missionários, Pastores, Diáconos, Seminaristas, membros da Diretoria e do Conselho, coordenadores, funcionários, antes de tudo servos que se colocam no altar do Senhor para a expansão de Sua obra, a partir das atividades denominacionais.

Que Deus continue a abençoar-nos. Amém!


[2] Convenção Batista de Pernambuco; Livro do Mensageiro da 38ª Assembléia, Recife: Maio de 2011. p. 4.
[3] Idem p. 145 e seguintes.
[5] http://www.batistas-pe.org.br/conteudo/?id=64 acessado em 03 Mai. 2011 às 13h30
[6] http://www.batistas-pe.org.br/conteudo/?id=64 acessado em 03 Mai. 2011 às 13h32
Postar um comentário