Translate

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Requalificação Um Grande Desafio





Ao longo da vida enfrentamos desafios que precisam ser encarados, e superados, para galgarmos novas conquistas, o que se dá tanto na vida pessoal quanto comunitária. Requalificação é um grande desafio na atualidade, para profissionais e instituições que buscam a excelência.

Na Família Memorial, temos diante de nós o desafio da requalificação do nosso Santuário, que atenderá anseios dos membros da Igreja no presente, abrigará a Igreja do futuro. O Conselho da IPM, diante da necessidade de realizar uma grande manutenção da coberta do Santuário, decidiu além, e aprovou a reforma, sob a dependência de Deus e consciente da necessidade de desafiar nosso povo para tão grande obra.

Iniciamos o trabalho! E precisamos atender a algumas expectativas:

1) Perseverança nas Orações – Mais do que construção patrimonial, estamos investindo na edificação da Igreja, o que envolve uma luta espiritual e contamos com as orações da Igreja, para que tudo concorra para a maior glória de Jesus Cristo;
2) Compreensão de Todos – Esperamos a compreensão de todos para as adaptações que serão feitas em nossa rotina durante este tempo;
3) Fidelidade nos Dízimos – Precisamos que cada membro e congregado entregue regularmente seus dízimos – a forma que Deus mesmo estabeleceu para o sustento da Sua Casa – afim de mantermos as várias atividades da Igreja tanto na sede quanto no Sertão; e
4) Consagração de Ofertas – É fundamental que cada membro e congregado da Igreja, consagre regularmente ofertas designadas para a construção. Iniciamos a construção das 15 (quinze) sapatas, que servirão da base para as colunas, e cada sapata custará R$2.800,00 (dois mil e oitocentos reais, e precisamos levantar esses recursos.

A requalificação é um grande desafio, e depois desta etapa virá a das colunas, e as subsequentes, e, em cada uma delas o Senhor nos conduzirá a um bom termo.

Que para tanto, Deus nos conceda a bênção de sermos fiéis e perseverantes.

7Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria.
2 Coríntios 9.10-15

Ad Majorem Dei Gloriam! (Para a Maior Glória de Deus!)

(Publicado no Boletim Dominical da Igreja Presbiteriana Memorial, em 29 de abril de 2018)

Postar um comentário