Translate

domingo, 23 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL!


Ao comemoramos o Natal, lembremos o que dizem os Credos históricos:

Credo Apostólico: Creio em JESUS CRISTO, Seu único Filho, nosso Senhor, o qual foi concebido por obra do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria; padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu ao Hades; ressurgiu dos mortos ao terceiro dia; subiu ao Céu; está sentado a mão direita de Deus Pai Todo-Poderoso, donde há de vir para julgar os vivos e os mortos.

Credo Niceno-Constantinopolitano: Jesus Cristo, o unigênito Filho de Deus, gerado pelo Pai antes de todos os séculos, Luz de Luz, verdadeiro Deus de verdadeiro Deus, gerado, não feito, de uma só substância com o Pai; pelo qual todas as coisas foram feitas; o qual, por nós homens e por nossa salvação, desceu dos céus, foi feito carne do Espírito Santo e da Virgem Maria, e tornou-se homem; e foi crucificado por nós sob o poder de Pôncio Pilatos, e padeceu, e foi sepultado; e ressuscitou ao terceiro dia conforme as Escrituras; e subiu aos céus, e assentou-se à direita do Pai, e de novo há de vir com glória para julgar os vivos e os mortos, e seu reino não terá fim.

A comemoração do Natal deve ser feita à luz da fé bíblica, e não de especulações. Os credos resumem bem, não apenas um neném, em uma manjedoura, mas é o Verbo que se fez carne (João 1.14). Então, os que são conhecidos por Deus conhecem a Jesus Cristo, e podem, de fato e de direito, celebrar o Natal.

(Publicado no Boletim Dominical da IPM, 23/12/2012)
Postar um comentário