Translate

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Dia do Trabalho


Nestes dias o calendário civil registrou o feriado do Dia do Trabalho, ocasião em que várias pessoas não trabalharam para celebrar a efeméride... Mas nem todos têm razões para comemorar. Há os que estão na categoria de desempregados, ou subempregados; e ainda, os que, trabalhando, não conseguem os recursos necessários à manutenção da família, e um sustento mínimo à dignidade humana.

O ser humano passa boa parte da vida trabalhando, e Deus em Sua Santa Palavra nos instrui sobre o trabalho, e como devemos encará-lo. A seguir alguns destaques:
1)   Deus trabalha – No Evangelho segundo João (5.17), temos o registro das palavras de Jesus Cristo: “Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.”. Quando trabalhamos, seguimos o exemplo do nosso Deus.
2)   O trabalho foi instituído antes da queda, em Gênesis 2.15 lemos Tomou, pois, o SENHOR Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar. O trabalho não foi punição pela queda: ele a precedeu, e é missão dada pelo Criador.
3)   Trabalhar é mandamento do Senhor – Em Êxodo 20.8-11 8Lembra-te do dia de sábado, para o santificar. 9Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. Ao instituir o Dia do Senhor, a prática do trabalho foi atrelada a ele como mandamento. Trabalhar é ato de obediência ao Senhor, e deve ser feito com dedicação. Paulo ensina: 23Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens, 24cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança. A Cristo, o Senhor, é que estais servindo; (Colossenses 3.23, 24). O nosso trabalho, como tudo em nossas vidas, deve glorificar ao Senhor.
Que a nossa visão sobre o trabalho esteja baseada na Bíblia Sagrada, e que encaremos cada profissão como honrosa e necessária, sem discriminação.

Soli Deo Gloriæ!


(Publicado no Boletim Dominical da Igreja Presbiteriana Memorial em 03 de Maio de 2015)
Postar um comentário