Translate

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

A GLÓRIA DO SENHOR ENCHE O TEMPLO



E os sacerdotes não podiam permanecer em pé, para ministrar,
por causa da nuvem; porque a glória do SENHOR encheu a casa de Deus.
2 Crônicas 5.14
O que enche a Casa de Deus, o templo? O cronista afirmou que os cultuadores eram consagrados, louvavam, agradeciam, e a glória do Senhor enchia o templo.
Olhando para o texto de 2 Crônicas 5.11-14 temos algumas pistas de quando...
A GLÓRIA DO SENHOR ENCHE O TEMPLO:
1. QUANDO OS PARTICIPANTES SÃO CONSAGRADOS v.11, 12
Difícil exagerar a importância da Igreja se consagrar ao Senhor. Para que haja consagração, os participantes do culto precisam ser santificados, e não se restringe a um ato litúrgico. Acontece fora do santuário v. 11, sem distinção alguma v.11, e com toda a família v, 12.

A GLÓRIA DO SENHOR ENCHE O TEMPLO:
2.  QUANDO TEM LOUVOR E AGRADECIMENTO V. 13
Quando estamos no templo é para cultuar a Deus: o culto tem várias partes – Adoração, Confissão, Dedicação, Proclamação, Comunhão – que devem ser vividas plenamente por cada adorador. A glória do Senhor enche o templo, quando tem louvor e agradecimento com unidade v. 13e com conteúdo v.13.

A GLÓRIA DO SENHOR ENCHE O TEMPLO:
3.  QUANDO ELE ESTÁ PRESENTE V.13-14
Mas, para que a glória do Senhor encha o templo é fundamental que o Senhor seja o centro da adoração. No texto Ele estava presente representado na nuvem e ocupando todos os espaços.

A GLÓRIA DO SENHOR ENCHE O TEMPLO, quando todas as partes do culto estão voltadas para o Senhor, e que os participantes cultivem vidas dedicas à glória do Senhor.
Somente sendo consagrados, louvando e agradecendo ao Senhor veremos a sua glória encher o templo.

Sola Scripturæ!


(Boletim Dominical da IPM, 22 de Novembro de 2015)

Postar um comentário