Translate

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

O Desafio Chamado Brasil




O Brasil é uma terra de desafios, e em meio às crises que o país enfrenta, é preciso que saibamos como servir a Deus em nossa pátria.

Ao afirmarmos que temos um desafio chamado Brasil, destacamos algumas perspectivas:

1)         Perspectiva espiritual – As estatísticas mais otimistas indicam que cerca de 150 milhões de brasileiros  ainda não têm um compromisso pessoal com Jesus Cristo. É urgente o anúncio do Evangelho da Graça, individualmente através do testemunho pessoal e coletivamente como Corpo de Cristo. Testemunhar sempre, se necessário com palavras.
2)         Perspectiva social – O povo brasileiro passa por sérias dificuldades. O desemprego é uma realidade crescente, a queda do movimento no comércio tem sido sentida, programas sociais do governo sofrem cortes. É urgente que nos mobilizemos como cidadãos para uma ação positiva, a partir das nossas esferas de influência. Como Igreja devemos ser sensíveis aos clamores do povo, para dentro de possibilidades minimizar sofrimentos, e no exercício da voz profética denunciar pecados.

3)         Perspectiva política – Em meio a graves denúncias, a popularidade do governo naufraga, e o fantasma de envolvimento com esquemas de corrupção paira sobre a classe política, e está presente no dia-a-dia de um povo que se acostumou a pequenos ilícitos. Devemos pedir sabedoria a Deus, para discernir o cenário, para que,como cidadãos exerçamos nossos deveres, e direitos, iluminados pela Palavra de Deus e guiados por seus princípios. Como Igreja devemos interceder pela pátria, e exercer o papel profético de resistir à perversidade que permeia a sociedade, e domina o sistema político.

O DESAFIO CHAMADO BRASIL precisa ser visto em seus muitos aspectos, mas acima de tudo devemos encará-lo como uma oportunidade de servir a Deus. Que Ele nos capacite para tal.

Soli Deo Gloriæ!


(Publicado no Boletim Dominical da Igreja Presbiteriana Memorial, 13 de Setembro de 2015)

Postar um comentário